Tailleur para todas: Modo de usar

Tailleur para todas: Modo de usar

Clássico dos clássicos do guarda-roupa feminino, o tailleur, conjunto de saia e paletó, surgiu no século 12 como traje de montaria. Como os tecidos tinham de ser grossos – por mais ricas que fossem, as mulheres não tinham muitas peças de roupa, têxteis eram algo não apenas caro, mas raro – as peças tinham de ser produzidas por homens, donos de mãos mais fortes. Daí seu nome: tailleur, em francês, alfaiate.


Pulamos muitos séculos e ei-la, a impávida Coco Chanel, modernizando o conjunto e incluindo calças como opção às saias (estas ficaram mais curtas). Com paletós ajustados em tweed – tecido feito com fios de lã fria –, ferragens e debruns contrastantes criam o uniforme da mulher moderna a partir dos anos 1920. A força do tailleur é tamanha que sua escolha como a roupa que transmite segurança e independência perdura até hoje.


Vê-se mulheres de tailleur nos spots mais variados, de um coquetel a um casamento, mas é no ambiente de trabalho onde ele parece brilhar mais. Um olhar mais leviano diria que se trata de roupa de advogada, de alta executiva, de senhora. Não. O tailleur empresta seu power statement a todas as idades, basta saber “atualizá-lo.”


As mais maduras devem evitar as combinações mais óbvias, como as peças escuras como, por exemplo, camisas de seda em cores neutras. Pense em listrados, geométricos, estampas florais… Meias-calças claras costumam envelhecer o look, assim como pérolas e blusas com laço. Aposte em regatas de seda e no comprimento de saia no joelho, se as pernas estão em dia; e no midi, sempre elegante. As combinações de cores inusitadas rejuvenescem o conjunto.


Que tal um look monocromático, tailleur e complementos na mesma cor? Ou um tailleur nude com blusa e acessórios marinho ou pretos? Casual Friday? Porque não o paletó do seu tailleur preferido com jeans escuro, sem lavagem?


Já as mais jovens devem usá-lo a seu favor. Quer pérolas? Que sejam fresh, como as pequenas, em longos fios, ou coloridas. Sapatilhas, ou mesmo um sneaker, se o clima do seu ambiente de trabalho permite. Uma bolsa mais despretensiosa, uma camisa jeans e acessórios descolados, como colares e broches, mostrarão que você sabe exatamente o que está fazendo: tirando o melhor de um ícone em seu benefício.     


O xadrez dá um ar college, ao mesmo tempo clássico e jovial, ao conjunto

A it girl Helena Bordon com um modelo off white e pantacourts, a pantalona curta

Grafismos em um tailleur fashionista, que vai bem do office à festa

A editora de moda da Vogue Japão, a italiana Anna Dello Russo, revê o clássico em preto e branco usando calça skinny e blusa com maxilaço

A digital influencer russa Miroslava Duma aposta na calça flare de cintura alta e barra mais comprida e no mix de tons de azul

Amarelo-ouro e pantalona emprestam um charme setentista a este tailleur

A fashionista italiana Giovanna Bataglia investe no modelo mais tradicional e acerta: elegância pura

Os pois deixam este tailleur, de modelagem clássica, mais atual e divertido